João 1:35-51

O que preenche o coração de João com gozo e convicção é o procedimento do Senhor Jesus (e não apenas o sinal do alto: v. 32-33). Este sentimento é contagiante e fala a outros também. Os dois discípulos de João ouvem o que ele diz e se ajuntam ao Senhor Jesus. Eles O seguiram e se alegraram em Sua presença, tal como hoje, segundo a Sua promessa, também podemos fazer (Mateus 18:20). André nos dá ainda outro exemplo. Ele leva o “seu próprio irmão, Simão”, ao Senhor Jesus. Antes de pensarmos em qualquer tipo de atividade para o Senhor, recordemos os nossos próprios parentes que ainda não conhecem Jesus. André é um discreto discípulo. Mas o seu serviço naquele dia veio ter grandes conseqüências, já que Simão veio a ser o apóstolo Pedro. Filipe ouve o chamado do Senhor e logo fala a Natanael sobre esse Nazareno que é o Messias prometido. Mas nenhum argumento tem o peso desse simples convite: “Vem, e vê”.

Nesse capítulo vemos alguns dos magníficos nomes e títulos que exaltam as glórias eternas do Senhor Jesus Cristo: Verbo, Vida, o Deus unigênito no seio do Pai, o Cordeiro de Deus, Mestre, Messias ou Cristo, Nazareno, Filho de Deus, Rei de Israel e Filho do homem

Fonte: Todo dia com Jesus

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s