João 5:31-47

Imagem

O Senhor Jesus contesta a incredulidade dos judeus ao invocar quatro testemunhos a Seu favor: o de João (v. 32-35), o de Suas próprias obras (v. 36); o de Seu Pai que, no rio Jordão, chamou atenção para Seu Filho amado (v. 37) e, finalmente, o das Escrituras (v. 39). Existem muitas referências ao Messias no livros de Moisés (v. 46; vide, por exemplo, Gênesis 49:10, 25; Números 24:17). Embora pretendessem reverenciar Moisés, os judeus não criam em suas palavras, já que recusavam Aquele a quem ele profetizou (v. 46; Deuteronômio 18:15). Em contraste, estão dispostos a, no futuro, receber o Anticristo (v. 43).

“Examinais as Escrituras”, recomenda o Senhor Jesus. É através delas que podemos melhorar o nosso conhecimento de Sua infinita Pessoa.

Receber a glória dos homens e buscar a sua aprovação é uma forma de incredulidade (v. 44). Pois Deus declara que não somos nada (Gálatas 6:3) e que não há nada em nós de que possamos nos gloriar (2 Coríntios 10:17). Porém, ao invés de crer nEle, muitas vezes preferimos nos comprazer no bem que os demais podem pensar de nós! O Senhor Jesus não buscava nenhuma glória da parte dos homens (v. 41; compare Paulo em 1 Tessalonicenses 2:6). E nós deveríamos ser capazes de imitá-LO, se tivermos em nós o amor de Deus e o desejo de agradá-LO (compare v. 42).

Fonte:: Todo dia com Jesus

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s