João 17:14-26

Os crentes não são tirados do Mundo quando se convertem (v. 15). Pelo contrário, são expressamente enviados ao Mundo (v. 18) para cumprir a obra que lhes têm sido encomendada (compare v. 4). Contudo, não são do Mundo, como o Senhor Jesus não era dele. A posição deles é de estrangeiros chamados a servir a seu Soberano em um país inimigo. Mas este incomparável capítulo nos ensina que, longe de serem esquecidos aqui na Terra, os crentes têm um “grande sumo sacerdote” que intercede por eles diante do trono da graça (compare Hebreus 4:14-16). Escutemos o que Ele pede ao Pai por eles: “que os guarde do mal”, porque neste Mundo estão expostos à contaminação (v. 15).

“Santifica-os na verdade; a tua palavra é a verdade”: eis aqui a separação indicada para aqueles que obedecem à Palavra.

“A fim de que todos sejam um”: este é o desejo de Seu coração, e que nos humilha quando pensamos nas divisões que existem entre os cristãos.

Finalmente: “Que onde eu estou, estejam também comigo…” (v. 24). Os que não são do Mundo não ficarão no Mundo. A sua porção eterna será estar com o Senhor Jesus para ver a Sua glória. “Quero”, disse o Senhor Jesus, pois a presença dos Seus com Ele no céu é para a Sua glória e para a de Seu Pai, porque eles testificam os plenos resultados de Sua obra.

Todo dia com Jesus

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s