Atos 2:22-41

Partindo de um texto do profeta Joel, Pedro demonstrou aos judeus que o poder que operava no meio deles era de origem divina. Igualmente nós, ao considerar um texto bíblico, não esqueçamos que Deus está falando conosco. Prosseguindo a pregação, Pedro recorda a maravilhosa senda trilhada por Cristo, Sua morte e Sua ressurreição anunciadas em muitas passagens do Velho Testamento e agora atestadas pelos apóstolos. Em vista disso, “a este Jesus”, que o povo havia crucificado, Deus O fez assentar-Se à Sua destra, designando-O como Senhor e Cristo. Que espanto para os carrascos reconhecer que cometeram tal crime contra o próprio Filho de Deus! Tocados em sua consciência, os ouvintes sentem-se tomados ao mesmo tempo pela perplexidade e pelo temor. Como apaziguar Deus após semelhante ultraje? “Arrependei-vos” – diz-lhes Pedro. Isto não significa apenas lastimar um mau procedimento, mas, sim, julgar os atos cometidos (e esse juízo é emitido juntamente com Deus, tomando os Seus critérios por referência) e também abandonar a conduta anterior (Provérbios 28:13). O arrependimento é a primeira manifestação da fé (por isso, Pedro não os convida primeiro a crer). Três mil pessoas convertem-se e são batizadas depois dessa primeira pregação.

Todo dia com Jesus

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s